Governo quer dinheiro para combater desmatamento sem mostrar serviço

Governo quer dinheiro para combater desmatamento sem mostrar serviço
Foto: Marcos Corrêa/PR

O governo Bolsonaro pede dinheiro a outros países para combater o desmatamento e as mudanças climáticas, mas sem mostrar serviço, mostra Duda Teixeira na Crusoé desta semana,

Em comunicado em dezembro de 2020, o Brasil pediu aos países ricos US$ 10 bilhões por ano para antecipar suas metas de redução de carbono.

Acontece que o governo “não atualizou as porcentagens depois que, por critérios técnicos, a base de cálculo das emissões de 2005 foi ajustada para cima”.

Segundo a Rede de Ações Climáticas (CAN, na sigla em inglês), esse truque permitiria ao Brasil emitir de 20% a 40% mais toneladas de carbono na atmosfera do que tinha combinado no Acordo de Paris, em 2015.

A próxima Conferência da ONU sobre o Clima será em Glasgow, na Escócia, em novembro. Com uma diferença importante em relação a anos anteriores: o presidente dos Estados Unidos agora é Joe Biden.

LEIA AQUI a reportagem completa, apenas na Crusoé desta semana.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO