ACESSE

Governo terá até 20 dias para análise de auxílio emergencial

Telegram

Um acordo judicial assinado na última quinta-feira estabeleceu o prazo máximo de 20 dias corridos para a análise de pedidos do auxílio emergencial.

A negociação pretende diminuir o número de ações judiciais relacionadas ao assunto e facilitar o acesso ao benefício pelos brasileiros.

Assinaram o acordo a Advocacia-Geral da União, o Ministério da Cidadania, a Caixa Econômica Federal e a Dataprev, além da Defensoria Pública da União.

O acordo prevê também que, no caso de aprovação do pedido feito pelo cidadão, a Caixa deve fazer o pagamento em até três dias úteis, contados a partir do recebimento dos recursos transferidos pela União.

Em nota, a AGU disse esperar que o acordo reduza o número de ações judiciais abertas em todo o país relacionadas à demora na análise dos pedidos de auxílio emergencial.

Com o acordo, a Defensoria Pública se comprometeu a abrir mão do pedido judicial de concessão automática do benefício caso a solicitação não fosse respondida no prazo requerido.

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

  • Diplomata -

    Esses vermes que compõem o governo ainda aprenderão que dinheiro não se come.

  • Noely -

    E aqueles milhares de funça público no Paraná, que receberam o auxílio , todos com salarios caindo rigorasamente em dia, nem um pio da governança.

  • Thiago -

    Auxilio ilegal dos milicos de pijama que vão dar um golpe de estado junto com o BOZO: aprovação imediata.

Ler 3 comentários