Governo Zema determina eliminação de 50 barragens como as de Brumadinho e Mariana

A Secretaria de Meio Ambiente do governo de Romeu Zema, em Minas Gerais, determinou que sejam descaracterizadas as 50 barragens construídas no estado pelo método de alteamento a montante – o mesmo usado nas barragens rompidas de Brumadinho e Mariana, registra o G1.

Embora seja bastante comum e mais barato, ele é considerado menos seguro por especialistas, como já registramos.

As empresas responsáveis terão 360 dias para apresentar o plano de trabalho com cronograma e a tecnologia a ser adotada, e depois terão dois anos para implantá-la.

Conheça Por Dentro O Estrago Que A Esquerda Fez na Venezuela. Poderia Ser No Brasil. MAIS AQUI

“Pela determinação, as estruturas deverão deixar de possuir características de barragem, ou seja, deixar de realizar contenção de rejeitos, sendo destinadas a outra finalidade.”

Por ser menos seguro, modelo de barragem de Brumadinho já foi banido no Chile

Comentários

  • Álvaro -

    Que os senadores saibam eleger o novo presidente do Senado. Bandido não queremos mais...

  • Eramir -

    E o aspecto Econômico ? Na Pindaiba que Minas está, como prescindir dos Impostos gerados, pela Mineração, durante o longo período de transição entre o modelo antigo e o modelo seguro !

  • Eramir -

    E o aspecto Econômico ? Na Pindaiba que Minas está, como prescindir dos Impostos gerados, pela Mineração, durante o longo período de transição entre o modelo antigo e o modelo seguro !

Ler 72 comentários