Greenfield foi encerrada com menos da metade das metas cumpridas, diz MPF

Greenfield foi encerrada com menos da metade das metas cumpridas, diz MPF
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Ex-integrantes da força-tarefa da Greenfield enviaram à PGR um relatório de prestação de contas das atividades. A informação é da assessoria de imprensa do MPF.

Segundo nota publicada nesta quinta (21), “[e]mbora as atividades tenham sido finalizadas em dezembro de 2020, das 189 ações e metas planejadas pelos procuradores, só 44% puderam ser concluídas em razão da estrutura e do tempo oferecidos à equipe. Mesmo assim, mais de R$ 12 bilhões foram garantidos como devolução aos cofres públicos”.

Iniciada em 2016, a Greenfield começou investigando fraudes praticadas contra os maiores fundos de pensão do país (Funcef, Petros e Previ).

Depois, os procuradores passaram a investigar outros casos conexos ou correlatos, como a Operação Circus Maximus, Tesouro Perdido, Patmos e Skala (que resultou em denúncia contra Michel Temer).

Por decisão da PGR, em novembro de 2020 os trabalhos atribuídos à Greenfield foram redistribuídos.

Leia mais: Crusoé expõe o que está na mesa de negociações pela sucessão na Câmara e no Senado, entre elas a liberação bilionária de emendas, oferta de ministérios, promessas de implosão da Lava Jato, entre outras
Mais notícias
TOPO