ACESSE

A greve de fome tem de continuar

Telegram

Os milicianos lulistas querem desistir da greve de fome.

O presidiário, porém, atrapalhou seus planos.

Diz O Globo:

“Lula escreveu uma carta aos sete militantes que fazem greve de fome em defesa da sua libertação. No manuscrito, o ex-presidente agradece a dedicação dos ‘companheiros e companheiras’. Mas, para a surpresa de alguns dirigentes do PT, não pede que eles interrompam o protesto.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 178 comentários