Greve geral

Os pelegos já anunciam uma greve.

“A primeira reunião das seis maiores centrais sindicais do país após a eleição de Jair Bolsonaro vai começar com um chamado a greve geral”, diz a Folha de S. Paulo. “O presidente da Força, Miguel Torres, defende a articulação de uma grande paralisação, a ser iniciada assim que o governo apresentar sua proposta de reforma da Previdência, o que deve acontecer no início de fevereiro. Torres diz ver indícios de que as mudanças serão feitas de forma a poupar determinadas categorias, em especial os militares”.

Os sindicatos não representam ninguém. Jair Bolsonaro tem a chance de desmoralizá-los de uma vez por todas.

Comentários

  • Sirlei -

    Se Bolsonaro afinar,vai perder o prestígio,Temer foi corajoso e enfrentou esses calhordas que estão sempre deitados em berços esplêndidos.A roubalheira que o PT chefiou no Brasil deixou 14 milhõe

  • Serena -

    Para que prestam os sindicatos ? Médicos, Professores, Metalúrgicos, Caminhoneiros, Policiais, Bancários, Aposentados, Pensionistas, etc todos insatisfeitos. Deixem o novo governo trabalhar.

  • Antonio -

    A filosofia é: "NÃO SEI COMO VAI SER, MAS SOU CONTRA". Será porque vai acabar com muitas mamatas?

Ler 237 comentários