Greve indeterminada; Petrobras determinada

A Petrobras, destruída pelo PT, enfrenta desde ontem uma greve por tempo indeteminado. Os petroleiros querem, além de aumento salarial, o fim da venda de ativos da empresa e a manutenção do número de empregados.

A greve por tempo indeterminado pode até acabar logo, por causa de uma concessão ou outra, mas o fim da Petrobras tal como era já foi determinado por Lula e seu bando.

Repitam conosco, meninos: má gestão, uso político e corrupção a transformaram na companhia mais endividada do mundo. E a Justiça americana ainda não a sentenciou a indenizar os investidores nos Estados Unidos. Será outra paulada. Para se ter uma ideia, as ações da Petrobras nos Estados Unidos caíram 92% desde 2008.

Faça o primeiro comentário