ACESSE

Grevista de fome na rede

Telegram

Na “marcha”, lulistas carregam numa rede um homem que supostamente está em greve de fome em nome do presidiário.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 63 comentários