Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes culpa 'entorno' de Bolsonaro por reforma administrativa não avançar

Para ministro, proposta ficou "suave, desidratada e generosa" com o funcionalismo atual; deputados, porém, não veem empenho do governo em sua aprovação
Guedes culpa entorno de Bolsonaro por reforma administrativa não avançar
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Paulo Guedes afirmou nesta quinta-feira (2) que o “entorno” de Jair Bolsonaro bloqueou o andamento da reforma administrativa, que altera regras para servidores públicos.

“A administrativa eu entreguei no Executivo e o entorno do presidente bloqueou, não deixou ela andar no início. Depois veio a Covid e embaralhou tudo”, disse o ministro da Economia, em um seminário virtual sobre a reforma do serviço público.

Guedes alegou ainda que a reforma administrativa ficou “suave, desidratada e generosa” com o funcionalismo atual, registra a Folha.

Programada originalmente para ser entregue após a conclusão da reforma da Previdência, aprovada em 2019, a administrativa foi sendo postergada por decisão do governo até setembro de 2020, quando finalmente foi enviada ao Congresso.

Ainda não foi aprovada, e provavelmente não será: tanto o relator da proposta, Arthur Maia, como o presidente da Câmara, Arthur Lira, dizem não ver empenho do governo nesse sentido. Para Maia, a reforma também não deve andar em 2022. O motivo é óbvio —Bolsonaro quer se reeleger e não quer se indispor com o funcionalismo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....