Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes diz que governo só pensará em mudanças no Bolsa Família depois da pandemia

Ministro da Economia disse que é preciso ver até quando será necessário pagar o auxílio emergencial
Guedes diz que governo só pensará em mudanças no Bolsa Família depois da pandemia
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Paulo Guedes disse hoje, durante coletiva de imprensa para falar da privatização da Eletrobras, que o governo só pensará em mudar o Bolsa Família depois que a pandemia for superada.

“Se a vacina vencer a pandemia, aí passamos para o Bolsa Família”, afirmou o ministro da Economia.

Guedes disse que a prorrogação do auxílio está no horizonte, pelo menos até setembro. O mês foi citado pelo ministro como prazo para a vacinação de toda a população adulta do país.

Por conta disso, o ministro da Economia explicou que é preciso saber quantas parcelas do auxílio emergencial ainda serão pagas, para depois pensar em remodelar o programa de transferência de renda.

“O ritmo da pandemia é que dita a extensão do auxílio emergencial.”

Guedes detalhou ainda que cada nova extensão custa R$ 9 bilhões.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO