Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes diz que PEC dos Precatórios, na verdade, "evita o calote"

O ministro da Economia afirmou nesta sexta-feira que o teto para o pagamento das sentenças judiciais deveria ser permanente
Guedes diz que PEC dos Precatórios, na verdade, “evita o calote”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O ministro da Economia, Paulo Guedes (foto), disse nesta sexta-feira (3) que o espaço fiscal aberto pela PEC dos Precatórios não será usado para a política. Em apresentação no Encontro Anual da Indústria Química, Guedes disse que a mudança de cálculo no teto de gastos tem sustentação técnica.

De acordo com o ministro, o espaço fiscal aberto pela PEC dos Precatórios será direcionado para ações como o programa Auxílio Brasil.

A revisão do teto não veio da economia, mas é tecnicamente sustentada, e o dinheiro não está indo para a política. Gostaríamos que fosse para sempre (o teto para precatórios), mas aprovaram só até 2026.”

Segundo Guedes, ao contrário do que se está noticiando, a PEC dos Precatórios evita o calote.

Não se discute o mérito das decisões. Porém, se atenua o impacto dessas decisões sobre os orçamentos públicos, para evitar o caos e o calote. Estão chamado de PEC do calote quando, na verdade, essa PEC evita o calote, impede o calote.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....