Guedes evita achaque parlamentar

Paulo Guedes pode evitar o achaque do Congresso Nacional desistindo do projeto de lei da cessão onerosa.

“Para o TCU e para parte dos integrantes da equipe de transição”, diz a Folha de S. Paulo, “a execução do leilão depende apenas da revisão do contrato entre Petrobras e União. Ou seja: é uma relação privada entre partes e, portanto, não há necessidade de trâmite legislativo.

Por isso, a equipe de Guedes aguarda apenas a publicação do acórdão do tribunal para realizar o megaleilão até julho.”

Reforma da Previdência, privatizações, Bolsa Família... Saiba o que Bolsonaro deve fazer AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 13 comentários
  1. Mas o futuro Congresso, é um novo Congresso, com neófitos, fichas-limpas e conservadores. E Bolsonaro terá maioria. Mesmo assim nãos será fácil. Então use as massas nas ruas e nas redes!!

  2. Ótimo!! Não virem refém. Os Poderes tem de ser harmônicos e independentes. E os Check em Balances, funcionar. E cada macaco no seu galho. Se começarem a atrapalhar, PEC neles!!!

  3. Vai sonhando escravo de cafetão preso em Curitiba. O ser humano sempre vai negociar. Mas há mil formas de negociações, e muitas são éticas. Mas isso você não consegue entender.