Guedes vê 'lobby' e 'interdição' contra a CPMF

Guedes vê lobby e interdição contra a CPMF
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em sua audiência no Congresso sobre as medidas fiscais de combate à pandemia da Covid-19, Paulo Guedes conseguiu dizer “vamos ter que ter o imposto digital” (a “nova CPMF”) e, logo em seguida, afirmar que ele está “morto, extinto”.

Segundo o ministro da Economia, houve um “lobby” e uma “interdição” contra o tributo digital, e “ninguém” quer discutir o assunto às vésperas do pleito municipal. Guedes também lembrou a demissão de Marcos Cintra, defensor da nova CPMF, do cargo de secretário da Receita Federal.

LEIA AQUI a reportagem da Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO