Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guterres pede "fim imediato da violência" no Afeganistão

"O mundo está assistindo. Não podemos e não devemos abandonar o povo do Afeganistão", disse o secretário-geral da ONU no Conselho de Segurança
Guterres pede “fim imediato da violência” no Afeganistão
Reprodução/ONU/YouTube

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu “o fim imediato da violência” no Afeganistão. Ele disse que a situação no país é marcada por “caos, agitação, incerteza e medo” e cobrou uma reação do Conselho de Segurança. O mundo está assistindo. Não podemos e não devemos abandonar o povo do Afeganistão.”

Guterres disse ainda que “o mundo está acompanhando os eventos no Afeganistão com o coração pesado e profunda inquietação sobre o que vem pela frente”.

“Todos nós vimos as imagens em tempo real. Caos, agitação, incerteza e medo. Muita coisa está na balança: o progresso, a esperança, os sonhos de uma geração de mulheres, meninas, meninos e homens afegãos. Nesta hora grave, urjo todas as partes, especialmente o Talibã, a exercer o máximo comedimento para proteger vidas e assegurar que necessidades humanitárias possam ser atendidas”, acrescentou.

O Conselho de Segurança está reunido neste momento para decidir o que fazer após a tomada de poder do Talibã.

“O conflito forçou centenas de milhares de pessoas a deixarem seus lares. A capital viu um grande influxo de pessoas internamente deslocadas de províncias ao redor do país, onde se sentiam inseguras ou fugiram durante combates. Lembro todas as partes de sua obrigação em proteger civis”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO