Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Há 196 dias, Flordelis era indiciada como mandante da morte do marido

Há 196 dias, Flordelis era indiciada como mandante da morte do marido
Foto: Ferrnando Frazão/Agência Brasil

Há 196 dias, a deputada federal Flordelis, do PSD do Rio de Janeiro, foi denunciada como mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo.

Naquele 24 de outubro, quando a polícia concluiu as investigações e o Ministério Público apresentou a denúncia, o delegado Allan Duarte disse:

“Flordelis, além de arquitetar todo esse plano, financiou a compra dessa arma, convenceu pessoas a realizar esse crime, avisou sobre a chegada da vítima ao local e tentou ocultar provas. Não resta a menor dúvida de que ela foi a autora intelectual, a grande cabeça desse crime.”

Flordelis continua deputada. Flordelis continua no PSD.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO