Hacker preso prometeu vazar dados em massa do governo

Hacker preso prometeu vazar dados em massa do governo
Foto: geralt/Pixabay

O hacker preso ontem em Portugal pela Polícia Federal por ataques cibernéticos ao TSE disse que haveria “vazamento em massa de dados institucionais do governo do Brasil”.

A mensagem foi enviada por Zambrius, condinome usado pelo jovem de 19 anos, à reportagem do Estadão, por e-mail na última sexta (27).

“Dentro de algumas horas vamos realizar um vazamento em massa de dados institucionais do governo do Brasil. Os nossos hackers ‘controlam’ a maioria dos sites do governo do Brasil”, escreveu.

Zambrius, do grupo CyberTeam, também reivindica recentes invasões aos sites do TRF-1 e do Ministério da Saúde.

Além dele, três hackers brasileiros foram alvo da operação “ex ploit”, ontem, com busca e apreensão em endereços de São Paulo e Minas Gerais.

Mais lidas
  1. Mensagens de WhatsApp revelam que militares bolsonaristas perderam a chance de comprar vacinas

  2. Huck 2026?

  3. "Não faltam pacientes nas UTIs que tomaram cloroquina"

  4. Carluxo sem imunidade

  5. Arthur Lira e as PECs da prisão na 2ª instância e do fim do foro

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários
TOPO