ACESSE

O poste quer Lula

Telegram

Assim como Gleisi Hoffmann, Fernando Haddad também defendeu que Lula — o condenado ficha-suja — seja o candidato do PT à Presidência em 2022.

“Se nós conseguirmos, e espero que consigamos até o final do ano, ter o julgamento do processo que pede a suspeição do juiz Sergio Moro, o Lula recupera os direitos políticos, e ele poderá decidir, e espero que decida favoravelmente ao pleito do PT”, afirmou o poste do ex-presidiário ao UOL.

“Para mim, [Lula] é o melhor candidato. Mesmo que não fosse, como ele teve os direitos políticos ilegitimamente cassados, penso que ele, como o maior líder político do país, o presidente mais bem avaliado da história do país, se o Supremo chegar à conclusão de que houve uma injustiça e promover uma reparação que para mim é devida, eu penso que ele se torna o candidato favorito em 2022. Se depender de mim como cidadão e advogado do presidente Lula, isso vai acontecer. E a população é que vai dar a última palavra a respeito do grande governo que ele fez”, completou Haddad.

Urna não absolve crimes, e a última palavra numa democracia é sempre da Justiça. Nunca é demais repetir que Lula é um ex-presidiário condenado e ficha suja — logo, salvo uma manobra jurídica, não pode ser candidato. Gleisi e o poste sabem muito bem disso.

Leia mais: OS NEGÓCIOS DE LULINHA: NÃO TEM CRISE PARA O 'FENÔMEMO'

Comentários

  • Wanderlei -

    O lularápio tem de voltar para a cadeia.

  • Luiz -

    O PT sobrevive, tal como um zumbi, preso à alma solitária de Lula.

  • Elba -

    Eca,eca,eca

Ler 46 comentários