Haddad foi homofóbico?

No Twitter, o barulho confinua grande porque, num bate-boca com Carlos Bolsonaro sobre o Bolsa-Família, Fernando Haddad perguntou ao filho do presidente na rede social:

”Priminho tá bem?”

O petista está sendo acusado de homofobia por gente da esquerda.

Jean Wyllys saiu em defesa de Haddad:

“Ninguém me chame a usar a causa LGBT pra atacar Haddad só porque este se referiu a um hipócrita homofóbico nos termos em que deveria se referir. Go, Haddad! Homofóbico é quem está no armário, goza no armário e ataca o orgulho LGBT desde o armário!”

 

Você está convidado a fazer parte do Novo Antagonista: mais afiado, mais ágil, mais exclusivo. SAIBA MAIS AQUI

Temas relacionados: