Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Hang admite que tentou comprar Coronavac para aplicar em funcionários

O dono da Havan afirmou, em depoimento à CPI, que o objetivo era adquirir as doses de empresas intermediárias para "não prejudicar" o Ministério da Saúde
Hang admite que tentou comprar Coronavac para aplicar em funcionários
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O empresário Luciano Hang admitiu há pouco, em depoimento à CPI da Covid, que tentou comprar doses da Coronavac, ao lado de Carlos Wizard, para vacinar seus funcionários.

Em depoimento à CPI da Covid, Emanuel Catori, diretor da Belcher, disse que o dono da Havan tentou comprar doses do imunizante para aplicar em funcionários.

“Quando começamos a realizar o trabalho para comprar vacinas, nós compraríamos qualquer vacina que tivesse no mundo. Eu confirmo”, afirmou Hang.

O empresário admitiu ainda que o objetivo era comprar as doses de empresas não intermediárias. Segundo ele, a ideia era não desfalcar as empresas fornecedoras do Ministério da Saúde.

“Nós não queríamos comprar dos mesmos fornecedores para não prejudicar a vacinação do SUS. Nós iríamos atrás de outros fornecedores, qualquer fornecedor pelo mundo, para que a gente pudesse urgenciar, aumentar a velocidade da fila do SUS.”

Mais notícias
TOPO