Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Hang nega que tenha pressionado funcionários a votar em Bolsonaro

O empresário também disse que não financiou disparos de mensagens de Whatsapp durante a campanha eleitoral de 2018
Hang nega que tenha pressionado funcionários a votar em Bolsonaro
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O empresário Luciano Hang afirmou há pouco que nunca tentou influenciar politicamente seus funcionários.

Em depoimento à CPI, o dono da Havan negou que tenha pressionado os colaboradores da empresa a votarem em Jair Bolsonaro em 2018.

“Funcionários jamais. Nós temos 22 mil colaboradores. Pergunta para os funcionários. Jamais eu iria forçar meu funcionário a votar em alguém.”

Hang também negou que tenha financiado disparos de fake news em mensagens de Whatsapp de forma ilegal durante a campanha, como revelado pela Folha no período.

“Já perderam em duas instâncias. A Folha de São Paulo jamais conseguiu provar.”

Mais notícias
TOPO