Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Hartung e Huck criticam o "golpe do fundão"

Na última sessão do Congresso antes do recesso parlamentar, a maioria dos deputados e senadores aumentou em quase três vezes o fundo para campanhas
Hartung e Huck criticam o “golpe do fundão”
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Paulo Hartung, ex-governador do Espírito Santo e que trabalha para a construção de uma terceira via para 2022, criticou no Twitter o “golpe do fundão”, sacramentado ontem no Congresso.

“Vergonhosa é a aprovação de um fundo eleitoral bilionário em meio a uma das maiores crises sanitárias da História. Além de desrespeitar as prioridades do povo, afasta ainda mais as instituições políticas de quem paga a maior parte dessa fatura: os mais pobres.”

Luciano Huck, que era o presidenciável dos sonhos de Hartung, também se manifestou sobre o tema na mesma rede social.

“Na calada da madrugada, triplicaram o Fundo Eleitoral. A pandemia ainda tira a vida de mais de mil pessoas por dia. São 15 milhões de desempregados. As contas públicas seguem no vermelho. As escolas continuam sem aulas presenciais. Por tudo isso, este aumento é INACEITÁVEL!”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO