ACESSE

Heleno diz que militares não pensam em 'ditadura, intervenções'

Telegram

Augusto Heleno afirmou na quarta-feira (20) que os militares não pensam em promover “ditaduras, intervenções”, informa a Folha.

“Não passa [pela cabeça] ditadura, intervenções, isso são provocações feitas por alguns indivíduos que não têm coragem de dizer quais são suas ideologias, que ficam provocando os militares para ver se nós vamos reagir.”

E completou:

“Isso não passa na cabeça dessa nossa geração, que foi formada por aquela geração que viveu todos aqueles fatos, como estar contra o governo, fazer uma contrarrevolução em 1964.”

Leia também: Crusoé: jornalismo de verdade não é para agradar aos poderosos

Comentários

  • Dib -

    NÃO ACREDITO QUE OS MILITARES TENHAM CAPACIDADE DE QUALQUER AÇÃO DE INTERVENÇÃO. ESTÃO NA SUA ZONA DE CONFORTO. FICARAM PASSIVOS NOS GOVERNOS CORRUPTOS DO PSDB, PT e MDB, POR ISSO NÃO AGIRÃO NUNCA.

  • Mauricio -

    Parabéns ao EXERCITO BRASILEIRO, mas se for preciso tomem as providencias que forem necessárias para não permitir que esses falsos democratas do legislativo e judiciário roubem o Brasil

  • Veronica -

    Será que ele avisou o presidente? Parece que presidente e os filhos não têm tanta certeza de que não pode haver intervenção.

Ler 138 comentários