Hélio, o inidôneo

Alexandre Romano diz que seu contato na Politec para o esquema de repasses dos pixulecos foi Helio Santos Oliveira, como já revelamos aqui. Uma consulta à “Lista Negra” da CGU indica que Hélio está impedido de contratar com o poder público desde 05/12/2014. O bloqueio é até 2019. Não há dúvidas de que ele fez algo errado, certo?

Faça o primeiro comentário