Hello, Temer

Michel Temer deu uma entrevista de meia hora ao New York Times.

Ele atacou o discurso que Dilma Rousseff pretende fazer nos Estados Unidos:

“Estou muito preocupado com a intenção da presidente de dizer que o Brasil é uma republiqueta onde golpes acontecem”.

Ele disse também que não vai se meter na questão de Eduardo Cunha:

“Esse é um assunto para o STF decidir”.

Michel Temer deveria falar com a imprensa brasileira, e não apenas com os jornalistas estrangeiros.

62 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. A conversas renan/lawan foi: eu seguro até onde não der mais e passo a bola para você que se encarrega de embromar naquele padrão normal formalista da justiça, até lá a companheirada comprou muita gente e mudou os rumos das coisas. Nós dois somos hoje xingados até no altar da igreja e mais impopulares igual a dilma e a melhor saída é ficar do lado sujo igual a nós.

  2. Eunício fecha com o PT. Foi ele quem indicou o presidente do BNB e, mesmo depois do desembarque do PMDB da base, não mexeram na presidência dessa estatal. Além disso, ouvi dizer que os terceirizados desse banco são de uma empresa cujo dono vocês já sabem quem é.

  3. Renan deu entrevista, ouvi agora na CBN, não vai correr, ele está fazendo história, e aí que História? Faria História se agilizasse o processo para tirar o país da imobilização. É o sujeito que não se importa com a carestia, com os milhares de desempregados, com os doentes que morrem à mingua nas filas do SUS, com a indústria e o comércio fechando portas etc. etc. E ele não tem pressa. Ah, é é? Não quer trabalhar sábado, nem domingo. O povo que lasque! Sr. Renan, o povo não pode esperar mais! D. Dilma, como ela mesma falou, já é carta fora do baralho. Então está esperando o quê?

  4. Eunício Oliveira não complica, estamos de olho. Seu futuro político está em jogo e de todos os seus aliados tb. Não perdoaremos nas próximas eleições e teremos uma logo-logo, em outubro.

  5. O prazo do Renan para a votação é 17 de maio, prazo ótimo, visto que a Carmem Lúcia já terá assumido a presidência do STF, e com isso podemos ficar menos preocupados com possíveis chicanas.

  6. Jamais confiei no Eunício… Sempre se compôs de maneira estravagante com quem não é do time republicano… Meio quietinho, mas do tipo que se bobear come o K U do defunto. Vamos sim fazer marcação corpo a corpo… e pressionar gente indecente… incluso o “competente” Jucá, que sabe quando e qual o passarinho vai cantar…Está sempre no lado do poder, descarado.

  7. Gostaria de saber qual a grande vantagem o PT levaria em atrasar o afastamento da ex presidente em uma ou duas semanas? Seria só para dar tempo de pilhar do Palácio do Planalto que LILS não conseguiu? Vai roubar o que? as cadeiras?

  8. Gostei, taí um bom nome para esta dupla que deve estar “apertada” de medo. CALHORDA & ESTRUPÍCIO CALHORDA & ESTRUPÍCIO CALHORDA & ESTRUPÍCIO CALHORDA & ESTRUPÍCIO CALHORDA & ESTRUPÍCIO

  9. Tenho ouvido declarações de Romero Juca que demonstram boa vontade em dá celeridade ao processo de Impeachement. É preocupante e merece reação altura noticias que Renan Calheiros e Eunicio Oliveira o está isolando visando retardar a tramitação do processo. O Brasil e o seu povo não pode ficar refém de Dilma, Renam, Eunicio…

  10. Pois é. E no mapa do Vem Prá Rua o Eunício Oliveira aparece na lista dos que estão à favor do impeachment. (Não sei por que, mas ele me lembra um pouco a imagem do “amigo da onça”)

  11. Vale lembrar que com a INTERNET os políticos foram desnudados, para virar CELIBRIDADE é INSTANTANEO, alguém duvida disso???Vejam os PETISTAS, não conseguem mais frequentar RESTAURANTES, pois são cobrados DEMOCRATICAMENTE por suas ações, cabe a JUSTIÇA fazer sua PARTE.

  12. Pobre Brasil depender de um cara como Renan Calheiros numa hora dessas. Temos que nos livrar desse CORRUPTOS e o melhor jeito é no voto.Não podemos deixar cair no esquecimento tudo o que esses senhores estão fazendo. Nas próximas eleições fazer um dossiê do bem sobre eles. Sem nos esquecer de lutar pelo voto impresso. Com essas urnas eletrônicas SMARTMATIC a chance de eleições limpas é zero. ESTAMOS EM GUERRA!!

  13. O Renan acredita que a Dilma poderá livrá-lo do Moro e o Temer não? Só pode ser isso para tanta enrolação com o impeachment. Se depender do Renan chegamos a 2018 com Dilma semi-impichada e o Brasil congelado.

  14. Caros, o nome do jogo é Renan. Ele está encalacrado e vai fazer o que puder para se salvar. Ele tem Senado e Senadores na mão. Janot é doce com ele. Na boa: a pressão terá que vir de vcs e das ruas. Não adianta. Renan vive em um mundo só dele. Blindado. O país não pode ficar à deriva. à Luta carcamanos. Batam sem dó. Sem dó.

  15. O pmdb é um conjunto de oligarquias . é oligarquia no ceará , oligarquia no pará , oligarquia em alagoas e oligarquia no maranhão . esses feudos arrebentam o parlamento . o eleitor tem uma dificuldade de fazer essa análise

  16. Realmente, anos e anos de esquerdismo misturado ao tradicional coronelismo-patrimonialismo nacional, só podiam dar nesse monturo de estrume que são esses políticos nojentos, fazendo negociatas às custas do sofrimento de milhões de pessoas. E tem uma legião de retardados mentais chorando lágrimas de sangue por causa do que falaram ou deixaram de falar de terroristas que apanharam, v.e.a.d.o.s doentes mentais, etc.

  17. Atenção!!! Eunício de Oliveira é dono da Manchester Recursos Humanos, empresa que fornece mão de obra terceirizada para a Petrobras e tinha um contrato de R$ 600 milhões! Esse sujeito é tão sujo quanto Renan Calheiros

  18. Olho no Renan……. “Pelo calendário de Renan, a votação do impeachment no Senado que poderá provocar o afastamento de Dilma será dia 15 de maio, um domingo.” Cristiana Lôbo ‏@cristilobo

  19. Vamos pra rua de novo! O ronco do asfalto pode intimidar esses canalhas a serviço dos Petralhas! Vem pra rua e MBL ajam rápido e convoquem pra 24/04 manifestações em todo país! Não podemos esmorecer!!!

  20. Lula diz que “não imaginava viver essa situação”, sobre impeachment de Dilma O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi “tranquilo e duro” em sua avaliação sobre o cenário atual do PT na reunião do diretório nacional do partido, em São Paulo, nesta terça-feira (19), de acordo com o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP). Segundo Chinaglia, Lula disse que “não imaginava viver essa situação”, em referência ao processo de impeachment de Dilma Rousseff. O ex-presidente deixou o local por volta das 15h. – UrinOL NÃO ESPERA A CADEIA TAMBÉM?

  21. Eles ainda estão no tempo em que não sabíamos das manobras palacianas, queridos, estamos na era do conhecimento viral, vocês tramam aí, a gente ouve aqui, 30 segundos nos separam !