Herança de Pimentel em MG é rombo de R$ 28 bi

As dívidas deixadas pelo atual governador de Minas, o petista Fernando Pimentel, para seu sucessor, Romeu Zema, do Novo, somam no mínimo R$ 27,7 bilhões, informa o Estadão.

A equipe de transição de Zema disse hoje que, se não houver medidas de ajuste nas contas do estado, o rombo pode chegar a R$ 99,5 bilhões acumulados nos próximos quatro anos.

Segundo o futuro secretário da Fazenda de MG, Gustavo Barbosa, a primeira medida do novo governo será desfazer a maquiagem nas contas do estado e publicar todos os gastos efetivos com pessoal.

Comentários

  • ZNM -

    Medida essencial: divulgar todos os podres! Inclusive, essa tb tem q ser uma prática adotada por Bolsonaro.

  • Nilson -

    Onde os petralhas foram governo destruiram a economia do estado, este é outro incompetente, ainda bem que foi defenestrado do poder em MG.

  • Oswaldo -

    Quando e que esses vão-ser presos, se no Brasil tivesse vulcão ativo seriaum bom último passeio para eles

Ler 114 comentários