"Hoje? Um ano depois, com 300 mil mortes"

“Hoje? Um ano depois, com 300 mil mortes”
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O anúncio de que o Brasil terá um comitê nacional para acompanhar as ações de enfrentamento da pandemia da Covid, mais de um ano depois, causou indignação no deputado federal Rubens Bueno, vice-presidente nacional do Cidadania.

Hoje? Um ano depois, com 300 mil mortes. Isso é muito grave para um país que se diz democrático e que respeita a vida”, disse.

Como registramos, na reunião mais cedo, ficou decidido que o comitê buscará as soluções para os problemas na gestão da pandemia e ouvirá a comunidade médica para questões obscuras, como tratamento precoce, ou polêmicas, como lockdown.

Leia mais: O furo de reportagem de O Antagonista sobre a mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília é dissecado na edição desta semana da Crusoé
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO