Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Holiday diz que assessor do PSOL o chamou de "pretinho de merda"

Durante a votação da reforma da Previdência de São Paulo, o vereador teria sido ofendido enquanto discursava no plenário
Holiday diz que assessor do PSOL o chamou de “pretinho de merda”
Foto: Afonso Braga/Rede Câmara

O vereador por São Paulo Fernando Holiday (Novo) acusou um assessor do vereador Toninho Véspoli (PSOL) de tê-lo chamado de “pretinho de merda” durante uma sessão da Câmara em que se discutia a reforma da Previdência dos servidores municipais, na quarta-feira (13), diz a Folha.

Holiday não informou o nome do funcionário do partido.

“Enquanto eu discursava a favor da reforma da Previdência, um dos sindicalistas me xingou de ‘pretinho de merda’. Já apresentei o vídeo do xingamento à presidência e exigi a identificação do sujeito. Chega da senzala ideológica. Não vai ficar impune!”, escreveu Holiday no Twitter.

A Presidência da Câmara afirmou que vai tratar do caso como “agressão verbal” e “injúria racial”.

Ontem, a Câmara aprovou em primeiro turno o projeto, por 37 votos a 16.

O gabinete do vereador Toninho Véspoli ainda não se manifestou sobre o caso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO