Homem que planejou atentado contra Bolsonaro era faxineiro terceirizado do Exército

Venicio Souza Rodrigues Ferreira, preso na última sexta (29) por suspeita de planejar um atentato contra Jair Bolsonaro em Três Corações (MG) trabalhava como terceirizado do Exército na área de limpeza.

A Polícia Federal informou que cumpriu, ontem, dois mandados judiciais de busca e apreensão, em Três Corações e Alfenas, para apurar se Ferreira, de 25 anos, cometeu crime contra a segurança nacional.

Segundo a PF, poderá ser enquadrado pelo delito de “praticar atentado pessoal ou atos de terrorismo, por inconformismo político”, punido com 3 a 10 anos de reclusão.

Toffoli x Gebran. SAIBA MAIS AQUI

No Instagram, Ferreira aparece numa gravação contando que “estaria analisando toda a situação, toda a área, para poder bolar seu plano” para que, “na hora em que o presidente chegasse ao batalhão, iria acertar ele”, segundo descreve boletim de ocorrência da PM.

Na rede social, haveria ainda fotografias do interior do quartel.

Comentários

  • jorge -

    tem dedo de algum mafioso nessa cartola. seria aqueles que fizeram treinamento em cuba nos anos 60

  • Marcus -

    Prisão so depois da última instância. Tem direito de recorrer em liberdade aguardando decisao do Plenario STF.

  • LUIZ -

    Ô Walter - você já pode se candidatar a receber seu primeiro lanche de "mortandela" , mas o ki-suco é só depois que provar sua competência. O cara é um limpa-bbbosta no quartel. E encheu a ca

Ler 76 comentários