Hora do rango, Picciani

Hora do almoço!

O Estadão informa que Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, presos em Benfica, poderão escolher entre arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne branca ou vermelha, legumes e salada. Terão direito a sobremesa e lanches.

Chamem Sérgio Cabral.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 17 comentários
  1. É surpreendente como presidiários ainda podem escolher o que comer. E ainda tem sobremesa? Dá raiva saber que o dinheiro dos impostos que pagamos servevpstscessa finalidade. Melhor seria que comprassem munição para eliminar esses sujeitos.

  2. E uma criança desmaiou de fome dentro de uma sala de aula em pleno Distrito Federal. Os presidiarios ainda tem direito a escolha de rango. É realmente um escarnio completo essepaiz miseravel.