ACESSE

Hospital referência em Covid-19 atinge capacidade máxima no DF

Telegram

O Hospital Regional da Asa Norte (Hran), referência no atendimento a pacientes com Covid-19 no Distrito Federal, não tem mais leitos de UTI para o tratamento da doença.

Os dados são da Sala de Situação, plataforma do governo que informa a situação da ocupação dos leitos na capital federal.

O Hran possui 20 leitos de UTI para os pacientes mais graves, além de 31 vagas para o atendimento intermediário.

Em nota, a secretaria informou que os novos pacientes que “necessitam de internação, ao chegarem, são acomodados em poltronas enquanto é disponibilizado um leito no pronto-socorro ou nas enfermarias”.

“Havendo necessidade, o paciente já recebe oxigênio ainda sentado, ou seja, o paciente não deixa de ser atendido. A direção esclarece que já está preparando uma adequação para abrir 21 leitos novos, usando a antiga área de recepção do pronto-socorro.”

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Marco -

    Quem o novo amigo novo do Tofoli? O bolsomerda? Ou o Flávio bolsomerda? Saborosos amigos e lutando pela mesma causa. Destruir a lava jato e todas as investigações de corrupção no Brasil

  • Giselda -

    O Ibaneis perdeu o foco na pandemia e, agora, vive em rixa com juízes devido a ideia fixa de arreganhar a cidade para o coronavírus. Nessa situação, um mandato de 4 anos é uma eternidade.

  • Giselda -

    Vi na TV uma idosa de 90 anos, aguardando há 2 dias uma vaga de UTI, sendo atendida em uma cadeira. Imaginem o desconforto e o mal-estar. Sou muito mais jovem e não aguentaria isso. É desumano!

Ler 45 comentários