Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

‘Houve política de infecção’ em massa, diz juíza que atuou em Haia

‘Houve política de infecção’ em massa, diz juíza que atuou em Haia
Foto: Divulgação

Em sua entrevista para o Estadão, a jurista Sylvia Steiner, ex-juíza do Tribunal Penal Internacional, disse que houve uma política de infecção em massa no país durante a pandemia. Para ela, há provas ‘abundantes’ para uma condenação de Jair Bolsonaro na corte internacional:

O que nós vimos com essa documentação é que houve realmente um projeto, uma política propositada de gerar aquilo que vulgarmente se chama de imunidade de rebanho. Sendo uma política, é um elemento de contexto de crime contra a humanidade. A grande diferença é que, depois dessa análise, percebe-se que não era simplesmente ignorância, incompetência e falta de conhecimento. Foi a implementação de uma política de que uma suposta infecção da população geraria um resultado positivo. Isso é uma política, um ataque. Não se usa uma população como cobaia de um teste; isso, em tese, é um crime contra a humanidade.

Mais notícias
TOPO