"Houve uma pessoa tentando se passar por mim" no WhatsApp, diz Tarcísio

Telegram

Tarcísio Freitas já comunicou à Polícia Federal que foi alvo de um golpe no WhatsApp, que também pode ter sido praticado por hackers.

“Na esteira dos acontecimentos sobre sigilo em telefones, lamento informar que meu nome tem sido usado indevidamente em ligações e mensagens”, postou o ministro da Infraestrutura no Twitter.

Uma conta teria sido criada no WhatsApp com o nome e a foto do ministro. A partir dela, foram enviadas algumas mensagens como se o autor fosse Tarcísio Freitas.

Exclusivo: 3 semanas antes de Toffoli travar investigações baseadas em dados do Coaf e da Receita, o Fisco pediu explicações a empresas que contrataram os serviços do escritório da mulher dele. LEIA AQUI

Ao Globo, o ministro disse não acreditar que tenha sido vítima do mesmo grupo de supostos hackers presos pela Operação Spoofing.

“Não me parece [que sejam os mesmos]. O modo de operação é diferente. Não houve um hackeamento do celular. Houve uma pessoa tentando se passar por mim, mas de um outro telefone.”

Comentários

  • Sobrevivente -

    O mundo digital não tem a mínima segurança, aqui particularmente pior, devido a falta de profissionalismo das teles. Apesar do óbvio, empurram o cidadão nessa direção com a desculpa da praticid

  • JORGE -

    A intenção é melar as negociações com os caminhoneiros.

  • Ryu -

    O nome disso é conta fake, e não tem nada a ver com ocaso dos hackers ou coisa do tipo.

Ler 6 comentários