ACESSE

Ibama perdeu mais da metade dos fiscais em 10 anos

Telegram

De 2010 para cá, o número de agentes ambientais do Ibama, responsáveis pela fiscalização de crimes ambientais em todo o país, caiu de 1.311 para 591, uma queda de 55%, mostra hoje o Estadão.

Só no ano passado, o primeiro de Jair Bolsonaro, o contingente caiu de 780 para os atuais 591, queda de 24% em relação a 2018. A aposentadoria de servidores e a falta de novos concursos causaram o esvaziamento, segundo o jornal.

Neste ano, o órgão pediu a Ricardo Salles a realização de concurso para contratar 2.311 servidores, sendo 970 para as fiscalizações em campo. O custo anual seria de R$ 66,6 milhões.

Não houve resposta.

Leia mais: As 'manobras maliciosas' do ministro Ricardo Salles

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários