Ibaneis, o governador do camarote

Ibaneis, o governador do camarote
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Ibaneis Rocha é um governador ostentação, cuja realidade inclui festas regadas a vinhos caros, uma das mansões mais luxuosas de Brasília, avião particular e fazendas abarrotadas de gado de primeira linha, mostra Luiz Vassallo na Crusoé desta semana.

“Sua atuação como político”, conta a reportagem, “é repleta de relações conflituosas em que negócios pessoais, de parceiros e de amigos se misturam a decisões e processos em curso no próprio governo”.

A revista obteve, com exclusividade, a cópia de um contrato de empréstimo de R$ 6 milhões firmado entre o escritório de Caio Rocha – filho de Cesar Asfor Rocha, ex-presidente do STJ – e o escritório de advocacia do governador.

Cesar Asfor é investigado pela suspeita de ter vendido a decisão que enterrou a Operação Castelo de Areia, aquela que poderia ter antecipado em alguns anos muitas das descobertas da Lava Jato.

Caio Rocha repassou os R$ 6 milhões ao escritório de Ibaneis mediante a garantia de que faria jus a 10% do valor de uma longa lista de precatórios que o escritório do governador tem a receber do próprio governo do Distrito Federal.

LEIA AQUI a reportagem completa na Crusoé desta semana.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO