Ibaneis pede ao STF para liberar supersalários nas estatais do DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) pediu ao STF para derrubar uma lei do Distrito Federal que proíbe pagar a executivos de estatais salários que extrapolem o teto do funcionalismo público.

Servidores distritais não podem ter receber mais que um desembargador do Tribunal de Justiça, que ganha R$ 35,4 mil por mês.

Nas estatais do DF, penduricalhos e benefícios podem elevar a remuneração para mais de R$ 100 mil.

Na ação, Ibaneis diz que quer liberar os supersalários nas estatais que não dependem de dinheiro público para funcionarem.

Argumenta que a medida é importante para atrair gestores qualificados do mercado. Diz até que eles podem trazer mais lucro e melhorar as contas locais.

“A atração de mão-de-obra de alto nível é fundamental para melhorar eficiência, resultados e lucratividade das empresas, o que, no caso em tela, contribuiria diretamente para finanças do Distrito Federal, tendo em vista que, na qualidade de acionista controlador das estatais, o ente federado passaria a perceber maiores valores de dividendos, em vez de ter de aportar recursos em empresas deficitárias.”

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 26 comentários
TOPO