PT dá tiro de misericórdia na decência

O PT de São Paulo organiza um ato de apoio a João Vaccari Neto, comparando-o a um preso político. “O Vaccari é mantido em uma prisão política, é legítimo que petistas se organizem em torno disso”, diz Emídio de Souza.

O convite do evento também reforça a ideia de que “Vaccari é preso político”.

É um acinte.

Detalhe: Emídio não sabe se vai comparecer ao evento.

Faça o primeiro comentário