ACESSE

"Igreja Católica não é objeto de ação da Abin", diz governo Bolsonaro

Telegram

O Estadão noticiou que o Palácio do Planalto quer conter o que considera um avanço da Igreja Católica na liderança da oposição ao governo Jair Bolsonaro, no vácuo da derrota e perda de protagonismo dos partidos de esquerda.

“Na avaliação da equipe do presidente, a Igreja é uma tradicional aliada do PT e está se articulando para influenciar debates antes protagonizados pelo partido no interior do País e nas periferias.

O alerta ao governo veio de informes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e dos comandos militares. Os informes relatam recentes encontros de cardeais brasileiros com o papa Francisco, no Vaticano, para discutir a realização do Sínodo sobre Amazônia, que reunirá em Roma, em outubro, bispos de todos os continentes.

Durante 23 dias, o Vaticano vai discutir a situação da Amazônia e tratar de temas considerados pelo governo brasileiro como uma ‘agenda da esquerda’.”

O Planalto reagiu à matéria do jornal, informando o seguinte:

“1. A Igreja Católica não é objeto de qualquer tipo de ação por parte da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) que, conforme a legislação vigente, acompanha cenários que possam comprometer a segurança da sociedade e do estado brasileiro;

2. Não há críticas genéricas à Igreja Católica. Existe a preocupação funcional do Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional [general Augusto Heleno] com alguns pontos da pauta do Sínodo sobre a Amazônia que ocorrerá no Vaticano, em outubro deste ano;

3. Parte dos temas do referido evento tratam de aspectos que afetam, de certa forma, a soberania nacional. Por isso, reiteramos o entendimento do GSI de que cabe ao Brasil cuidar da Amazônia Brasileira.”

Bolsonaristas Divididos: Será Que O Partido Do Presidente Está Enfraquecendo? Descubra aqui.

Comentários

  • Avelino -

    Tenho medo do futuro do Brasil. Estão conseguindo plantar o ódio nesse pais o ano mal começou e só se ver e se houve desgraça em cima de desgraça , parem com tanto ódio pesem no futuro da juven

  • luiz -

    Infelizmente não é só no Brsil, é uma organização criminosa internacional.

  • Capitão! -

    Parte da igreja católica apostólica romana (a mesma Roma que, aliada com os fariseus, foi o instrumento da morte de Cristo) é participante ativa da ORCRIM.

Ler 216 comentários