Igrejas, partidos e sindicatos no mesmo saco

Igrejas, partidos e sindicatos no mesmo saco
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A bancada evangélica quer usar as dívidas de partidos e de sindicatos com o Fisco para conseguir o apoio da esquerda para derrubar o veto de Jair Bolsonaro ao perdão tributário às igrejas, informa a Folha.

O argumento é: “se hoje quem sofre são as igrejas, amanhã poderão ser os políticos”.

Igrejas, partidos e sindicatos estão, portanto, no mesmo saco.

Leia mais: O "Anjo" usou um jet-ski para entrar pelos fundos do Palácio da Alvorada para se encontrar secretamente com Bolsonaro
Mais notícias
TOPO