Imagem de honesto custa uma fábula

Não resta dúvida para a PF: Fernando Bezerra, tido como o braço direito de Eduardo Campos, levou 20 milhões de propina de Paulo Roberto Costa, entre 2010 e 2011, para a campanha do chefe ao governo de Pernambuco.

No Brasil, a imagem de honestidade custa uma fábula porque é uma fábula.