Imbassahy: “Manobra de hoje é gravíssima”

Antonio Imbassahy emitiu uma nota sobre a abertura de créditos suplementares por Dilma Rousseff, no valor de 76,4 milhōes de reais, noticiada por O Antagonista. O dinheiro foi transferido da Segurança Pública e do IBGE para a propaganda da Presidência da República.

Eis a nota:

“Essa manobra é gravíssima. Além de deixar clara a intenção do Governo de continuar usando a comunicação institucional para realizar propaganda de uma presidente desenganada, levanta a suspeita sobre a verdadeira utilização desses recursos, uma vez que as investigações da Lava Jato indicaram que essa área foi uma das preferidas para os desvios do Governo. E mais: nesse grave momento nacional, com as diversas denúncias de compra de votos contra o impeachment, é necessária toda a atenção.”

“A insegurança atual é gritante! Atinge todas as classes e setores da sociedade e, mesmo assim, a presidente prefere investir na sua própria imagem no lugar de priorizar a segurança da população. E recorre à mesma prática pela qual foi condenada pelo TCU e que hoje é a base do pedido de impeachment contra ela: abertura de créditos sem autorização do Congresso.

Além disso, após sofrer reiteradas derrotas no TCU e no Congresso Nacional, em 2014 e 2015, justamente por abrir créditos suplementares por decretos sem autorização legislativa, a presidente Dilma delegou para o ministro do Planejamento, desde o ano passado, a competência de abertura destes créditos.

A presidente tenta se esquivar da culpa empurrando para seus comandados o ônus da assinatura de atos normativos que são de sua responsabilidade. Erra duas vezes: tentando se eximir das suas responsabilidades e retirando recursos de áreas sensíveis apenas para tentar resgatar sua imagem, mais que desgastada. Não é sem motivo que não reúna mais condições de comandar o país.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Professor, muito obrigada! Golpeados estamos sendo constantemente pelo crime organizado que se instalou no governo brasileiro.

Ler mais comentários
  1. Professor, muito obrigada! Golpeados estamos sendo constantemente pelo crime organizado que se instalou no governo brasileiro.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.