“Impeachment controverso e patético”

Para Joaquim Barbosa, o impeachment foi um golpe.

Ele disse ao Valor:

“Eles instauraram no Brasil a ordem jurídica deles, e não a das nossas instituições.

O Brasil teve um processo de impeachment controverso e patético e o mundo inteiro assistiu. A sequência daquele impeachment é o que estamos vendo hoje.”

61 comentários

  1. Esta vergonha devemos a Lewandowski e a Renan, contudo a indignação maior é com o STF, que mesmo incitado, não julgou este caso e reestabeleceu o desejo do constituinte e o império da lei.
    Justiça tardia é, sempre, sentida como injustiça. Já dizia Rui Barbosa: “A justiça atrasada não é justiça; senão injustiça qualificada e manifesta.”

  2. A um ano nós brasileiros tivemos uma rara oportunidade de mostrarmos nosso amor à pátria e aos nossos irmãos de mesma nacionalidade, não falhamos, fomos para as ruas e estimulamos nossos representantes do Senado a tirar o governo incompetente e a ideologia exógena e opressora que representa. Vitoriosos, temos do que nos orgulhar.

  3. O impeachment foi mesmo patetico. Rasgarão a Constituicão permitindo a ex-presidente todos os direitos politicos e toda a mordomia. Realmente foi um golpe!

  4. Tinha um grande respeito pelo ex ministro Joaquim Barbosa, mas agora quando ele usa o óculos ideológico esquerdopa isso nos dá um desânimo, desalento e desesperança com o nosso país. Sr Joaquim Barbosa tire os óculos e veja sem isenção! Ainda há esperança para o Brasil!

  5. Obrigado seu Joaquimfilh0deumap00ta, com este claríssimo posicionamento já podemos ter certeza de que jamais votaremos na sua figura hedionda, na tua vaidade arrogante. Vai procurar uma cadeira de balanço e fumar cachimbo, aqui você não se arruma.

  6. Que momento infeliz para dar esse errôneo parecer… Esse é o mesmo Joaquim Barbosa que se tornou herói nacional por ser o primeiro a peitar a petralha encrustada no poder? Com Bandilma mandando novos ministros com a missão aparelhada de livrar o cappo cubano Zé Dirceu da acusação de formação de quadrilha que lhe daria um razoável regime fechado (todos os que entraram naquela ocasião absurdamente votaram contra)… o que, aliás, iniciou o quadro atual de total desmoralização do STF perante o consenso popular. Momento errado quando observamos o que acontece com a Venezuela e nos lembramos que a ‘golpeada’ é da turma do ditador Maduro… e que algo muito semelhante poderia ocorrer com o Brasil, agora que Trump não cumpriu o acordo que os cubanos tinham com Obama… Havana quer os anéis de volta.

  7. Joaquim Barbosa já demonstra sua capacidade de enxergar a frente quando defende a permanência de Dilma Rousseff. Como estaria o Brasil hoje se não fosse o impeachment? Segundo Barbosa, melhor.

  8. Joaquim Barbosa vai se desmanchando ao falar. Toda a admiração que despertou durante o julgamento do Mensalão, fica parecendo ter sido uma encenação, já que parece endossar e apoiar o verdadeiro chefe de toda a destruição moral e financeira da nação.
    O impeachment foi acompanhado por toda a população, pela mídia e vigiada pelo juiz do STF, aliado de Lula. O resultado foi assinado pela presidentA impedida. Um “golpe” aceito pela golpeada.
    Se Temer fosse um probo, jamais seria vice do PT. Tinha que ser da mesma laia.
    Entretanto, ao assumir, pôs em marcha uma série de medidas em prol do pais e saneadoras de sua economia.
    Vivemos num pais surreal, incompreensível para gente civilizada e honesta.
    Já foi muito melhor, apesar de tudo.

  9. Após dois anos protagonizando discussões com Joaquim Barbosa durante o julgamento do mensalão, Ricardo Lewandowski será escolhido nesta quarta-feira (13) para assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF).
    O ministro condenou os seguintes integrantes dos núcleos:

    1) Político: José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino;

    2) Núcleo publicitário ou operacional: empresário Marcos Valério, Ramon Hollerbach (publicitário e sócio de Valério), Cristiano Paz (sócio de Valério), Rogério Tolentino (advogado de empresa de Valério), Simone Vasconcelos (ex-diretora do SMP&B);

    3) Núcleo financeiro: José Roberto Salgado (ex-vice-presidente do Banco Rural), Vinícius Samarane (vice-presidente do Banco Rural) e Kátia Rabello (ex-presidente e dona do Banco Rural).

    O ministro absolveu: a ex-vice-presidente do Banco Rural Ayanna Tenório, apontada como participante do núcleo financeiro, e Geiza Dias, ex-gerente financeira da SMP&B, empresa de Valério, do núcleo publicitário.

  10. Ao Neto disse: 1 de setembro de 2017 às 09:44:
    Leia o artigo ASSOMBRAÇÃO publicado no blog do jornalista Orlando Tambosi:
    “Se o Brasil deu a sorte de se ver livre de Dilma antes que ela pudesse completar sua grande obra, o mesmo não se pode dizer de seu partido, o PT. Como se sabe, no momento em que se sacramentava o impeachment, em 31 de agosto de 2016, uma vergonhosa manobra regimental do então presidente do Senado, Renan Calheiros, em dobradinha com os petistas e com o aval de Lula da Silva, permitiu ao então presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, manter os direitos políticos de Dilma ao mesmo tempo que a cassava – uma aberração legal tão evidente que sua constatação dispensa consulta à Constituição. Assim, a ex-presidente pode perfeitamente candidatar-se a qualquer cargo eletivo, mesmo tendo sido deposta da Presidência por crime de responsabilidade.”
    http://otambosi.blogspot.com.br/2017/09/assombracao.html

  11. Se alguém ainda tivesse dúvidas de que a próxima eleição presidencial será um verdadeiro filme de terror, acredito que ninguém tem mais.

  12. Com esse discurso vagabundo de golpe, não vai muito longe não. Esse povo está se esquecendo dos milhões que foram às ruas e impuseram a deposição da doida. Vamos ver em 2018 quem tem mais força, os milhões ou a esquerda irresponsável.

  13. Ele não tem PERFIL para PRESIDENTE do Brasil, é AUTORITÁRIO, não é GESTOR, não é AGLUTINADOR de forças, não tem COMPETÊNCIA para HARMONIZAR o país, pelo contrário com ele o Brasil afunda de vez, ainda mais agora quando mostrou o quanto é PETISTA. Fora PT!!!!!!Fora Joaquim!!!!!!!Candidato POPULISTA é o que não falta, e se os brasileiros errarem em 2018 não sairemos da CRISE jamais.

  14. Infelizmente… FOI GOPI! Temer é pior que Lula e Dilma juntos! Agora, pra aguentar joaquim barbosa, só se mudar de País! É o mesmo que Lula/Dilma!

  15. Então o golpe foi chancelado pelo STF. E, ainda, teve o aval do seu ex-coleguinha do STF que dividiu artigo da CF, para manter os direitos políticos da anta.
    A opinião de Joaquim Barbosa é uma vergonha!!!!!
    NUNCA!!!! terá meu voto para nada.

    1. O STF nunca analisou o mérito do processo de impeachment, tratou apenas do rito processual, tendo como referência o caso Collor, até porque a Lei 1079/50, que define os crimes de responsabilidade e regula o processo de impeachment, apesar de ter sido recepcionada, apresenta lacunas em face do que prescreve a Constituição Federal, de 1988, nessa matéria.

    2. Resposta ao Neto, logo abaixo:
      O STF avalizou todo o processo de impeachment que foi instaurado pelo Senado, que tem a supremacia do julgamento.
      O PT recorreu, contra o dito golpe, e a relatora é a Min. Rosa Weber, que até o momento não colocou o assunto em plenário.

  16. Se ele está se referindo ao fato ridículo de cassarem o mandato mas permitir que a senhora continuasse com direitos políticos, ele está certo! Foi inconstitucional!

  17. Se FRAUDAR o orçamento é permitido e COMBATER ESSA FRAUDE com o impeachment foi GOLPE,

    então, Joaquim, você nem começou, MAS JÁ ACABOU.

  18. Até assusta descobrir que este idiota foi ministro do mais alto grau para justiça, todos estes anos, e ainda fugiu da raia quando o Brasil precisava enfrentar o mensaão, é um covardão.

  19. Joaquim Barbosa enterrou o mensalão para proteger seu compadre Lula. Portanto, é cúmplice dos roubos petistas.
    Fora, Joaquim Barbosa!!

  20. “ELES instauraram no Brasil a ordem jurídica DELES, e não a das nossas instituições.”

    Onde foi que eu já ouvi esse papo furado de “Nós x Eles” antes ?????

  21. Perdeu uma grande chance de ficar calado !
    Por essas e outras, a ORCRIM destruiu o Brasil.
    Mas o ciclo se fechou, e agora é Dória ou Bolsonaro em 2018.

  22. É O ESCANDOLO DA CORRUPÇÃO IMPLANTADA PELO PT NO BRASIL, DA QUAL VOCÊ PRESIDIU ATRAVÉS DO STF, TAMBÉM FOI CONTROVERSO E PATÉTICO, JOAQUIM BARBOSA??????? DAQUI UM POUCO VOCÊ VAI DIZER QUE O MENSALÃO FOI MENTIRA!!!!

  23. É impressionante…
    Na minha modesta opinião o Temer teve a sua oportunidade, foi pego fazendo M… e por isso já deveria ter saído.
    Agora a Dilma cometeu crime de responsabilidade fiscal sim, ficou constatado, ela era a chefe de Estado e de Governo e por isso a responsabilidade era totalmente dela.
    Agora a palhaçada que fizeram em seu julgamento na Câmara e no Senado, é outra história e aquele show de horrores não muda e muito menos absolve o que a Dilma fez.

    1. Papo de “Eles” pra cima de nós, outra vez! O pior tipo para o Brasil: carreirista e ressentido! Até quando, Povo brasileiro?!!!

  24. Patético, como foi seu comportamento como juiz e como cidadão. Só porque muitos roubarem, os seus ladrões, incompetentes e estúpidos não são inocentes!!!

  25. Ele queria a Dilma no poder até hoje ??? Ele não tava lá no julgamento da chapa Dilma /Temer no TSE ?? Não viu o Gilmarzinho mendes enterrar todas as provas contra a Dilma ?? Esse cara eh comunista !!!!! Olha o risco q estamos correndo com esse pessoal !!!!
    Deus me livre desses comunistas que querem escravizar o povo !!!!
    Esse cara foi indicado pelo pt né
    Até aposentado continua defendendo os seus chefes !!! Eh um bandidao que se finge se bonzinho

  26. Esquerdinha fazendo esquerdice…
    Venezuela mostrou bem aonde isso vai parar.
    Com o nível baixíssimo dos candidatos atualmente (de defensor de Vaquejada para baixo) a sequência do Impeachment não é nenhuma novidade.

  27. Foi esse aí que profilaticamente se vitimizou, perguntando se o Brasil “já estaria preparado para um presidente negro”. Vai ser vermelho assim no inferno! !!

    1. Vejo pessoas aqui não entendendo como o Joaquim Barbosa possui estas opiniões. Meus caros,o problema de vocês é confundir a sua atuação como juiz das opiniões políticas dele. O sujeito é de extrema-esquerda. Ele faz as opiniões do Lula serem vistas como de centro.

  28. Não da para entender. Esse cara começou botando moral no julgamento do mensalão. E depois fica defendendo essa mesma turma num processo de Impeachment legítimo, que fez bem ao pais.

  29. Foi esse aí que profilaticamente se vitimizou, perguntando se o Brasil “já estaria preparado para um presidente negro”. Vai ser vermelho assim no inferno!

  30. Lamentável ouvir de um jurista que o impeachment foi um golpe. A Constituição foi obedecida e o único deslize cometido, pelo Presidente do STF, não retirou os direitos políticos daquela senhora.
    Infelizmente seguir as regras não nos permitiu livrar da chapa PT-PMDB, mas sim escancarar ainda mais as mazelas política que assolam o país.

  31. Esse aí, Joaquim Barbosa, é simplesmente um covarde. Foi contra deposição da canalha-PTralha (Dilmona) abertamente e falou aos quatro cantos do mundo que o impeachment da Dilma foi um “Golpe” das direitas do Brasil em conluios com as elites brasileira. Joaquim Barbosa presidente??? Jamais!!!

  32. É verdade, destituir a monga porém mantendo os direitos políticos – justamente o contrário do que diz a lei, fatiando o infatiável – de fato foi patético.

    1. Gilmar Mendes e Temer, apesar de declarações em contrário, em seus livros de Direito Constitucional, defendem a tese da separação das penas no julgamento de impeachment; no caso Collor, na véspera do julgamento, ele renunciou ao cargo de presidente, portanto, não havia mais um mandato a ser cassado. Naquela ocasião, o Senado Federal decidiu que as penas eram separaras, ou seja, a suspensão dos direitos políticos não estava vinculada à cassação do mandato, e os senadores decidiram suspender os direitos políticos de Collor por oito anos. Por essa razão, no caso Dilma, o fatiamento das penas não teve nenhum caráter de inusitado, até porque não há acusação de improbidade contra Dilma, e o crime de responsabilidade não foi comprovado, uma vez que as contas do governo Dilma nunca foram julgadas, e o parecer do TCU sobre as pedaladas fiscais não tem valor vinculativo, sendo apenas apinativo.

  33. ahahaha…vai la, Barbosa, continua com esse discurso que esta otimo…ahahah…quero ver quem vai financiar essa campanha eleitoral enfiando dinheiro num discurso ja derrotado e que o brasileiro nao aguenta mais ouvir! Mais um com discurso “conciliador” do nós contra eles. Vai ter uma votação expressivea entre os adEvogados dessipaiz e os delatores e propineiros…ahaha…Realmente esse esta querendo pegar o lugar do jararaca.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.