Impeachment de Pezão só deve ser votado em 2019

O pedido de impeachment de Luiz Fernando Pezão só deve ser apreciado pelo plenário da Alerj em 2019, quando seu mandato já tiver chegado ao fim, informa a Folha.

Uma comissão para analisar o caso e definir os prazos será criada até a próxima segunda (10). Somando todos os prazos, incluindo os da defesa do governador do Rio, o processo não será concluído antes do ano que vem.

Pezão está preso desde a última quinta (29), acusado de participar do esquema de corrupção comandado pelo seu antecessor no governo, Sérgio Cabral.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Eny disse:

    Essa ALERJ é uma vergonha. Não engana mais ninguém. A última jogada para plateia, retiraram a autorização para privatizar a CEDAE. Tá tudo dominado no RJ!!

    1. ALERJ sempre foi um covil de ladrões! Desde a época do Brizola!

Ler comentários
  1. Ryu disse:

    Contanto que fique preso, não ganhe salário e/ou beneficio algum, ninguém se incomoda.

  2. Vicente disse:

    Os políticos brasileiros precisam usar mais a cabeça e menos o proselitismo. Que estúpidos! Qualquer um com mais de dois neurônios saberia que não daria tempo para isso, mas o fizeram assim mesmo

  3. Martins disse:

    Se ele ficar preso nesse ínterim, podem julgat em 2100.

  4. Silvana disse:

    Ele já não estava cassado? Sim, Impeachment para retirar os diretos políticos! Sabe-se lá...melhor garantir e assim fazer que a justiça seja feita

  5. Leonardo disse:

    Como vai votar o impeachment do cara sendo que ele nem vai ser mais governador? Só se for pra caçar os direitos políticos dele.

  6. SPA disse:

    Impeachment do Pezão ? Vocês ainda não conhecem o conselho de ética da Alerj .