Impeachment: “O Brasil não aguenta mais”

O processo de impeachment de Dilma, que andava moribundo no Congresso, voltou a ganhar força. Para quem o defende, a sensação é de que é agora ou nunca. “O governo Dilma acabou”, afirmou o líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno. Para o deputado, a saída seria a renúncia da presidente, mas isso só ocorreria se houvesse “alguma grandeza” nela e no PT. A solução, portanto, é o impedimento via Legislativo. “O Brasil simplesmente não aguenta mais um ou dois anos assim”, declarou a O Financista.

Faça o primeiro comentário