A importância de ACM Neto

O Instituto Paraná apurou que ACM Neto, prefeito de Salvador, perdeu quase nove pontos de aprovação da sua administração: em junho, 79,5% dos eleitores da capital baiana o aprovavam, contra 70,8% hoje.

A desaprovação subiu de 17,2% para 25,9% no mesmo período.

Ainda assim, a aprovação de ACM Neto continua altíssima, o que o coloca como peça fundamental no jogo baiano e nacional para 2018.

Especialmente quando se sabe que Lula está com mais de 48% das intenções de voto na Bahia, o principal estado do Nordeste.

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Com a aproximação da eleição é óbvio que a rejeição aumenta. Uma aprovação de 79% em Salvador (considerando que o PT tem o governo do estado nas mãos) não é sustentável.
    Mas ele pode conseguir uma desaprovação de 35%. O que é ótimo para a realidade da Bahia.

Ler mais 21 comentários
  1. Com a aproximação da eleição é óbvio que a rejeição aumenta. Uma aprovação de 79% em Salvador (considerando que o PT tem o governo do estado nas mãos) não é sustentável.
    Mas ele pode conseguir uma desaprovação de 35%. O que é ótimo para a realidade da Bahia.

  2. A Bahia é o estado com maior área rural do Brasil.O q significa q muitas pessoas nao tem acesso a energia elétrica e dos quem tem a maioria nao tem internet.Muitos ainda não conhecem o Bolsonaro o que significa tb q ele ainda tem muita margem pra crescer na Bahia.Ele pode começar focando na questão rural(MST) e indígena. Muitas áreas na Bahia sofrem com esses problemas.

    1. Claro bolsomica, os índios, negros e quilombolas “amam” bolsonaro!!
      Cada uma que me aparece, o antagonista, verdadeira curva de rio!

  3. Na boa, o que esses paraíbas/nordestinos consideram um “bom governo” pra terem sempre tão alta aprovação? É inacreditável a falta de consciência política dessa gente, a baixa-estima e mais baixa ainda capacidade de se indignar com sua miséria extrema e seus políticos absolutamente medíocres, pra ser gentil…essa gente sempre empurra a nação pro fundo!!!

    1. Quem chama nordestino de paraíba, é carioca, justo o carioca, o povo que só vota em tranqueira, com uma bancada de merd@ no congresso, 3 ex-governadores presos, presidente da câmara preso, todos os membros do TCE presos, enfim, SE ENXERGUE ANTES DE BOSTEJAR SUAS “VERDADES”!!!

    2. E você é um ba.ba.ca que nao sabe de nada. Por acaso vc conhece o governo do Neto pra ta ai falando?Além de preconceituoso tu é arrogante e burro. Ba.ba.ca

  4. Reparem como esses institutos de pesquisa vivem tentando murchar os liberais, murcharam Doria, murcharam Temer, murcham ACM Neto.
    Agora murchar lula, nem a p@u né Juvenal?!
    Murchar Bolsomico, nem a p@u né Juvenal?!?
    Institutos de pesquisa deveriam ser investigados pela PF!

  5. O Antagonista tenho pra mim que o povo está ficando com mais antipatia da velha mídia que ainda mantém uma comunicação vertical e ainda se acha formadora de opinião do que dos investigados na Lava-jato. OS NÚMEROS CERTIFICAM MINHA TEORIA! Vi a Reunião de Pauta, achei que deveria ser intitulada: O POVO É SEMPRE O CULPADO. Ratifico: enquanto a velha mídia se frustra, o povo assiste os divulgadores de notícias, os que pensam formar opinião na era digital, puxando os mesmos carros de bois. CRIME CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, FARINHA POUCA, SEUS PIRÕES PRIMEIRO! “O importante é levar vantagem em tudo, certo?”

  6. Nada que não se possa resolver com panis et circenses. O carnaval baiano está chegando…
    Na Florença dos Médici e de Maquiável e do “carnavalesco renascentista” Leonardo da Vinci era prática política usual dos poderosos governantes das cidades-estado utilizarem eventos públicos festivos, procissões teatrais, carros alegóricos com efeitos especiais, espetáculos públicos monumentais nas ruas e praças, tudo, para dissipar o descontentamento da população. Portanto, mãos à obra! Mãos na massa do príncipe-neto, o herdeiro do imortal ACM, o vice-rei da Bahia.

  7. Parece-me que o título da matéria é tendencioso, buscando reforçar a crítica aos políticos, independentemente de quem seja ou como esteja atuado. Ora, um sujeito exposto ter 70% de aprovação (e se manter assim por tanto tempo), é fantástico! Demonstra que está sendo positivo para a população, tem feito boas providências, administração eficiente, etc. Contestar isso – ou meio que ironizar com uma noticia de que ele perdeu 9 pontos percentuais – é chamar o povo baiano de imbecil.
    Com sua popularidade, o político do Democratas demonstra ser aceito e estar fazendo uma administração muito positiva e é sim peça importante no tabuleiro eleitoral. Gostem ou não os petistas e jornalistas que preferem o “tudo ruim”.

  8. Em meio ao noticiário sem valor, tem este:
    “TRF4 MANTÉM BLOQUEIO DE R$16 MILHÕES DE LULA NO CASO DO TRIPLEX”
    — Óh Deus, óh Céus… Estão querendo matar de fome um pobre trabalhador onéstio e inossenti. Pobre Mula, um perseguido pela ditadura da extrema direita que deu o golpe no país.

  9. .
    As décadas passam e os sobrenomes na política,
    principalmente nas regiões mais atrasadas,
    permanecem firmes e fortes.
    Continuamos ser capitanias hereditárias.
    SE NÃO FOR NA BALA, NA GUILHOTINA OU
    NA FORCA, NÃO MUDAREMOS A NOSSA
    CONDIÇÃO SE SUBSERVIENTES DE UMA
    CASTA PODRE, IMUNDA NA ÉTICA E NA MORAL.
    ACORDA, BRASIL!!!!
    .

  10. Por falar no “Pintor de Rodapé”…
    E falando de outras babaquices do momento…
    Tá na hora dos “Branquelos Aguados”, dos “Espanadores da Lua”, dos “Rolhas de Poço”, dos “Aeroportos de Mosquitos” e de tantos outros “ameaçados” com gozações e “preconceitos” começarem a processar o mundo.
    Eu, p.ex., sempre fui um “branquelo aguado” dentro da minha turma. E tive amigos rolha de poço, chinesinho, gaguinho, espanador da lua e tantos outros. Vivos e sem traumas.