“Imposto sindical? Esquece”

No Roda Viva, Geraldo Alckmin disse que “não há hipótese” de retorno do imposto sindical. “Imposto sindical? Esquece.”

O tucano destacou que existem 16 mil sindicatos no país. “É inacreditável.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Assim como os pastores evangélicos estão preocupados com a salvação da alma dos fiéis, os sindicalistas se preocupam com os direitos dos trabalhadores. Não sei qual a raça mais nojenta.

Ler mais 22 comentários
  1. Assim como os pastores evangélicos estão preocupados com a salvação da alma dos fiéis, os sindicalistas se preocupam com os direitos dos trabalhadores. Não sei qual a raça mais nojenta.

  2. Não haverá com o nome de imposto sindical, mas o que ele acertou com o Paulinho foi contribuição sindical negocial, decidida por apenas 20% de pelegos nas Assembleias e extorquida de todos os trabalhadores. Se o Solidariedade estiver com Geraldo, certeza que haverá imposto.

  3. A CANALHA SINDICAL VINHA SE INFILTRANDO NOS ESTAMES POLÍTICOS, ASSIM COMO FIZERAM OS EVENGÉLICOS …. MAS A ORCRIM PERCEBEU E QUEREM CONTINUAR SEM MINAR O SEU TRADICIONAL ESQUEMA E CORTOU O SUPRIMENTO PARA NUMEROSA MALTA DAS FRANQUIAS SINDICAIS DOS PARTIDOS.. SINUCA DE BICO PARA CENTRALIZAR A MÁFIA.

  4. Nada como usar os termos corretos, ele disse que o imposto sindical já era. Mas não descartou outro tipo de contribuição, “uma dos trabalhadores”. Coincidentemente bate com a que o Paulinho da Força propagou, uma nova contribuição aprovada por 20% dos trabalhadores em assembleia.

  5. Duvido que haverá extinção pura e simples da Contribuição Sindical. Está prevista na Constituição com outro nome “Contribuição Confederativa” e retornará em valor maior na regulamentação do. A estrutura sindical-jurídica gigantesca não ia mesmo deixar barato.Triste país de vendilhões e de parasitas

  6. Falou da boca para fora.
    O negócio é o seguinte, ele vai fazer uma lei na qual quem decidirá se iremos pagar ou não o imposto sindical, será uma assembléia de funcionários e não o indivíduo por sua própria conta.
    Uma assembléia de pelegos irá decidir se todos pagam ou não o imposto.

  7. Quem vai acreditar nessa conversa Claro que ele tem que dizer isso na TV depois que for eleito ele vai encontrar uma compensação para os sindicatos com outro nome já estamos acostumado com isso PT dem PSDB sindicato essa turma toda unida fala uma coisa depois de leito fazem o que querem

  8. Monte de sindicatos são pessoas parasitas que nunca trabalharam na vida, enriquecendo com dinheiro do trablhador e fazem arruaças no Brasil, não voltem com esse imposto, ou o pau vai quebrar, paga quem quer, obrigado, saudações, muda Brasil.

  9. Não dá mais para votar na esquerda que destruiu o país – Ciro Haddad Marina – PT, PCdoB, PSOL, Rede etc.
    Também não dá para votar no desequilibrado e pouco inteligente Bolsonaro, que vota 90% das vezes do mesmo jeito que a esquerda.
    Então, sobra este: Alckmin será o novo presidente do Brasil.