Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Imprecionante

Abraham Weintraub usou gráfico falso da Wikipédia para criticar "prisões arbitrárias" de conservadores, copiando técnica do colega Marcos Pontes
Imprecionante
Foto: Lula Marques/Fotos Públicas

Abraham Weintraub, que fugiu do Supremo para os EUA, criticou no Twitter as “prisões arbitrárias” de Alexandre de Moraes. Quer dizer, quase isso. O ex-ministro da Educação ilustrou seu comentário com um gráfico fajuto retirado da Wikipedia.

Gráfico com a evolução do número de prisões arbitrárias, violações de lares e processos inconstitucionais contra conservadores. Vai piorar…”

Uma busca rápida no Google mostra que a mesma imagem aparece em página da Wikipédia destinada a explicar o que é um gráfico, sem qualquer relação com prisões arbitrárias.

Weintraub deve ter cursado a mesma escolhinha de Marcos Pontes. No ano passado, o astronauta propagandeou que a pasta havia descoberto a cura para a Covid, o vermífugo nitazoxanida. Em uma cerimônia no Planalto, Pontes exibiu um gráfico retirado de um banco de imagens na internet para defender o medicamento.

WhatsApp Image 2021 09 07 at 11.45.40 353x353
Reprodução: Redes Sociais

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO