'In Fux we trust', diz supostamente Moro em novo trecho vazado

Telegram

A Rádio Bandeirantes divulgou agora há pouco mais um suposto trecho das conversas pessoais de Sergio Moro e Deltan Dallagnol ilegalmente vazadas –parte delas foi publicada pelo site The Intercept, que forneceu uma transcrição à rádio.

Na passagem, datada de abril de 2016, o procurador fala no grupo do Telegram dos procuradores que havia conversado com o ministro do Supremo, Luiz Fux, sobre a repercussão do levantamento do sigilo da conversa telefônica entre Lula e Dilma Rousseff – na qual ambos combinavam a nomeação do ex-presidente para protegê-lo da Lava Jato.

Em seguida, ainda segundo o site, o procurador encaminha um print de suas mensagens ao então juiz Sergio Moro, que responde: “Excelente. In Fux we trust.”

O uso do caso Moro-Dallagnol para parar a Lava Jato e botar criminosos (Lula) na rua. LEIA AQUI

Leia abaixo o trecho:

Comentários

  • Marcos -

    Que horror, o Moro estava torcendo para que o STF mantivesse uma decisão dele. Isso deve ser um crime pior do que o genocídio.

  • Tania -

    MPF e PF e Lava Jato estão nos corações brasileiros. São nossos patrimônios nosso ideal é esperança de um Brasil melhor.

  • Claudio -

    Isso é que é bandidagem Máfia mesmo.Se o governo não interferir de verdade nessas mentiras que estão tramando contra as prisões na lavajato,tudo vai pro brejo.

Ler 486 comentários