Incêndio destrói 85% do maior refúgio de onças-pintadas no Pantanal

Incêndio destrói 85% do maior refúgio de onças-pintadas no Pantanal
Manaus - A morte de Juma, a onça-pintada que participou de cerimônia durante a passagem da Tocha Olímpica por Manaus, ontem (20), tem causado comoção nas redes sociais (Ivo Lima/Ministério do Esporte)

O Parque Estadual Encontro das Águas, na região de Porto Jofre, na cidade de Poconé (MT) teve 92 mil hectares destruídos pelo fogo, ou 85% de sua área total, informou hoje o Instituto Centro Vida, organização ambiental que atua no Pantanal há 30 anos.

O parque tem a maior concentração de onças-pintadas do mundo, e atrai turistas do Brasil e do exterior para observação dos animais durante passeios de barco.

O ICV ainda não sabe quantas onças-pintadas, que já estão em extinção, podem ter sido mortas desde o início das queimadas, há algumas semanas.

Dados do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos incêndios florestais do Ibama, apontam que neste ano 2,3 milhões de hectares já foram devastados pelo fogo no Pantanal.

Leia mais: EXCLUSIVO: A APURAÇÃO SOBRE A LIGAÇÃO DO MINISTRO DIAS TOFFOLI COM A ODEBRECHT E A OAS
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 42 comentários
TOPO