Índice de menções negativas a Bolsonaro no Twitter bate recorde desde início do mandato

Índice de menções negativas a Bolsonaro no Twitter bate recorde desde início do mandato
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Jair Bolsonaro alcançou nesta terça-feira (16) o índice mais alto de menções negativas de usuários do Twitter desde o início de seu mandato, em 2019.

Segundo levantamento Modal/AP Exata, 73% das mensagens foram negativas e 27%, positivas.

A segunda-feira turbulenta em Brasília —com o aumento da pressão sobre Eduardo Pazuello, os rumores da nomeação de Ludhmila Hajjar e a posterior confirmação de Marcelo Queiroga na Saúde— aumentou a taxa negativa das menções ao presidente em 5% entre ontem e hoje.

Isso sem falar, é claro, do colapso na saúde e da explosão das mortes por Covid.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO