ACESSE

Indícios de irregularidades em 99% dos contratos da Saúde do Rio

Telegram

A Controladoria-Geral do Estado do Rio encontrou risco de mau uso do dinheiro público e suspeitas de irregularidade em 99,47% dos contratos feitos pela Secretaria de Estado de Saúde durante o combate à pandemia de Covid-19, publica o G1.

O levantamento foi enviado ao Tribunal de Contas do Estado, à Alerj, ao Ministério Público do Rio e ao TJ-RJ.

Segundo o relatório, a secretaria gastou R$ 1.497.626.148, 68 em contratos para conter a pandemia. Desse valor, R$ 1.489.696.980,04 (99,47% da verba) apresentam risco de terem sido gastos de forma irregular.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 44 comentários